O que torna um livro clássico?



Historicamente, o termo "clássico" remete à antiguidade greco-romana, os renascentistas durante a Idade Média buscaram valorizar as obras clássicas, e se inspirarem nelas, período que ficou conhecido como Classicismo.Historicamente, o termo "clássico" remete à antiguidade greco-romana, os renascentistas durante a Idade Média buscaram valorizar as obras clássicas, e se inspirarem nelas, período que ficou conhecido como Classicismo.Historicamente, o termo "clássico" remete à antiguidade greco-romana, os renascentistas durante a Idade Média buscaram valorizar as obras clássicas, e se inspirarem nelas, período que ficou conhecido como Classicismo.Historicamente, o termo "clássico" remete à antiguidade greco-romana, os renascentistas durante a Idade Média buscaram valorizar as obras clássicas, e se inspirarem nelas, período que ficou conhecido como Classicismo.

Historicamente, o termo "clássico" remete à antiguidade greco-romana, os renascentistas durante a Idade Média buscaram valorizar as obras clássicas, e se inspirarem nelas, período que ficou conhecido como Classicismo.


Contudo, a palavra não se restringe apenas a esse movimento literário ou a um gênero, pois sabemos que há obras escritas muito tempo depois que são vistas como clássicos da literatura.


Há características que podemos destacar na "formação" de um clássico:


1. Um clássico transcende o seu tempo. Embora através dele tenhamos registros que indicam seu contexto histórico, como traços de cultura, costumes e acontecimentos marcantes, sua história não se "desvaloriza" com o passar dos anos: a cada (re)leitura o leitor pode aprender algo novo sobre o mundo e sua mensagem continua relevante.


2. Um clássico fala de sentimentos universais, comuns à todo ser humano: amor, ódio, tristeza, angústia...(essa inclusive, pode ser uma das "causas" para a característica 1.)


3. Um clássico é um livro que marca de alguma forma e influencia um gênero literário (por exemplo, os livros que foram os primeiros no gênero de ficção científica de texto).




Aqui estão alguns exemplos de livros e autores considerados clássicos:


▪︎ Machado de Assis (autor)

▪︎ Homero (autor)

▪︎ Orgulho e Preconceito (1813), de Jane Austen

▪︎ Frankenstein (1818), de Mary Shelley

▪︎ O Corcunda de Notre-Dame (1831), de Victor Hugo

▪︎ Oliver Twist (1833), de Charles Dickens

▪︎ Os três mosqueteiros (1844), de Alexandre Dumas

▪︎ A Moreninha (1844), de Joaquim Manuel de Macedo

▪︎ Jane Eyre (1847), de Charlotte Brontë

▪︎ O Morro dos Ventos Uivantes (1847), de Emily Brontë

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo