Movimentos sociais - Tropicália

Atualizado: Ago 26


História e surgimento:


A Tropicália foi um movimento cultural no fim da década de 60 no Brasil. Abrangeu vários campos artísticos: o cinema, o teatro, a literatura, a moda e sobretudo, a música. O nome "Tropicália" vem de uma obra do artista Hélio Oiticida.


O movimento teve seu marco inicial no Festival de Música Popular Brasileira com a apresentação de Gilberto Gil, Caetano Veloso e Os Mutantes.


É importante destacar o contexto histórico na época tropicalista: o Brasil estava sob regime militar. Por isso mesmo, uma das causas do "declínio" da Tropicália foi a prisão e exílio dos artistas Gilberto Gil e Caetano Veloso.

Objetivo/Como funcionava:

Embora tenha durado menos de 2 anos, a tropicália foi um dos movimentos que mais influenciou a cultura brasileira.


Como uma revolução, os tropicalistas eram diferentes de tudo que já tinha sido apresentado pelos artistas brasileiros. A música estava sendo muito usada como instrumento de protesto às políticas vigentes. Eles misturavam elementos da cultura estrangeira com a brasileira, apresentando novos sons e uma nova estética nas letras de suas músicas, influenciados pela Fonte: tenhomaisdiscosqueamigos.com contracultura e pelas ideias do Manifesto

Antropófago proposto pelo poeta Oswald de Andrade naquela mesma década.

Eu quis cantar

Minha canção iluminada de sol

Soltei os panos sobre os mastros no ar

Soltei os tigres e os leões nos quintais

Mas as pessoas na sala de jantar

São ocupadas em nascer e morrer


- Panis et Circencis

Autoria: Caetano Veloso e Gilberto Gil; gravada pelos Mutantes



Principais representantes:

-Gilberto Gil

-Caetano Veloso

-Os Mutantes

-Torquato Neto

-Rogério Duprat

-Gal Costa

-Tom Zé

📍 Os movimentos sociais que explicaremos aqui não refletem a opinião do Cognoscente. O objetivo do projeto é levar informação e promover conhecimento, dessa forma, não faremos críticas a nenhum dos movimentos apresentados.








1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo