Movimentos sociais - #metoo

Atualizado: Ago 26

Já ouviu falar do movimento "Me Too?

Se você é daqueles que sabe tudo do mundo das celebridades e do cinema, já deve ter ouvido falar nele nos últimos dois anos.



Como surgiu?


Tarana Burke, quem iniciou o movimento, começou a usar a frase "Me too" em 2006 para trazer atenção sobre os casos de violência sexual contra as mulheres.



Em 2017, várias atrizes e celebridades, começaram a acusar o produtor Harvey Weinsten de assédio sexual. Nesse mesmo ano, a atriz Alyssa Milano, publicou um tweet dizendo " Se você foi assediada ou agredida sexualmente, responda esse tweet com #eutambém (#metoo)." Rapidamente, milhares de mulheres responderam.


Depois de saber que o movimento "Me Too" já existia desde 2006, Alyssa passou a dar visibilidade a iniciativa de Tarana Burke.




Objetivo e impacto:


O uso da frase "Eu Também" ("Me Too"), têm o objetivo de fazer com que as mulheres, que sofreram abusos sexuais, possam se sentir acolhidas por outras mulheres, e não se sentirem culpadas ou sozinhas por terem passado por essa situação.


Hoje, o movimento possibilitou que vários homens famosos de Hollywood, que cometiam agressões sexuais, fossem denunciados e inspirou ações em vários países, inclusive no Brasil.

📍 Os movimentos sociais que explicaremos aqui não refletem a opinião do Cognoscente. O objetivo do projeto é levar informação e promover conhecimento, dessa forma, não faremos críticas a nenhum dos movimentos apresentados.




0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo